Marcelo convida Ferro para almoço antes de receber Cristas

Líder do CDS-PP vai queixar-se ao Presidente de falta de democraticidade no Parlamento, a propósito das questões relacionadas com o inquérito à Caixa que têm oposto a direita quer à esquerda quer ao próprio Ferro Rodrigues.

Foto
Marcelo e Ferro nas comemorações do 25 de Abril de 2016 Enric Vives-Rubio

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, convidou o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, para um almoço no Palácio de Belém que vai decorrer nesta sexta-feira, antes da audiência pedida ao chefe de Estado pela líder do CDS-PP, Assunção Cristas. A ida do presidente da Assembleia da República a Belém foi avançada pelo Expresso e confirmada ao PÚBLICO pelo gabinete de Ferro Rodrigues.

A líder do CDS-PP vai queixar-se ao Presidente de falta de democraticidade no Parlamento, a propósito das questões relacionadas com o inquérito à Caixa Geral de Depósitos que têm oposto a direita quer à esquerda quer ao próprio presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues. Ainda nesta quarta-feira, durante o debate quinzenal com o primeiro-ministro, o CDS reafirmou as queixas sobre aquilo que considera ser o desrespeito dos direitos da oposição, ao longo do processo de inquérito parlamentar à gestão da Caixa, e revelou que a audiência que pedira ao Presidente da República, para lhe comunicar essas preocupações, já estava marcada para esta sexta-feira. Ferro Rodrigues interveio no debate para dizer que a porta do seu gabinete estava sempre aberta para todos os partidos e o CDS, pela voz do seu líder parlamentar, Nuno Magalhães, respondeu que o partido se reunia com quem entendia.

Segundo fonte do gabinete de Ferro Rodrigues, o convite de Marcelo foi formulado após este debate. No entanto, a assessoria de imprensa da Presidência da República garante que o almoço em causa já estava agendado e representa apenas uma retribuição dos vários almoços que o presidente da Assembleia da República tem oferecido ao chefe de Estado. Um desses, do qual foi dada nota pública, foi o das comemorações dos 30 anos da adesão de Portugal à Comunidade Económica Europeia, a 21 de Junho do ano passado. O PÚBLICO apurou que o almoço entre as duas mais altas figuras da hierarquia do Estado já estava de facto combinado, mas sem dia definido. E que o convite com data marcada foi mesmo formulado pela Presidência após o último debate quinzenal com o primeiro-ministro na Assembleia da República.

O PSD, sobretudo a propósito do inquérito parlamentar à Caixa Geral de Depósitos, também tem posto em causa a democraticidade do funcionamento do Parlamento a imparcialidade de Ferro Rodrigues enquanto presidente da Assembleia da República. Imparcialidade essa que o avisado garantiu nesta quinta-feira que "é total".

O almoço entre Marcelo e Ferro Rodrigues não deverá ser um repasto muito demorado. Está marcado para as 13h de sexta-feira. A audiência concedida pelo Presidente da República a Assunção Cristas foi agendada para as 14h30.