De regresso a Aveiro, Tiago Santos brinda-nos com Courage e os seus melhores sabores

Depois de passar por vários restaurantes de referência, em Portugal e no estrangeiro, o chef volta à sua cidade natal para cumprir um sonho: abrir um restaurante de autor. Chamou-lhe Courage.

Foto
O chef Tiago Santos Adriano Miranda

Mais do que ser a sua cidade de nascença, Aveiro é, para o cozinheiro Tiago Santos, a terra onde tudo começou. Foi ali, a poucos metros das águas da ria, que se aventurou no mundo da cozinha – começou a trabalhar como ajudante e só depois foi tirar o curso, na Escola de Hotelaria e Turismo do Fundão. Aos 38 anos, e já depois de ter percorrido vários pontos do país e do estrangeiro, regressou a Aveiro, onde, apoiado por outros dois filhos da terra, acaba de abrir um restaurante. Um verdadeiro acto de coragem, “depois de dois anos de pandemia e com uma guerra a decorrer”, nota.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários