Pitti Uomo reergue-se como uma fénix com o regresso dos mercados estrangeiros

De 14 a 17 de Junho, a Fortezza da Basso foi casa de 682 expositores. As seis marcas portuguesas presentes celebram o regresso dos mercados estrangeiros mais longínquos, como os Estados Unidos ou a Coreia do Sul.

consumo,moda,design,empresas,portugal,italia,
Fotogaleria
A praça central da feira Pitti Uomo DR
consumo,moda,design,empresas,portugal,italia,
Fotogaleria
Entrada da Fortezza da Basso, em Florença, onde se realiza a feira DR
consumo,moda,design,empresas,portugal,italia,
Fotogaleria
Foram 682 os expositores que marcaram presença na feira deste ano DR

A moda masculina regressou em força a Florença na 102.ª edição da Pitti Uomo. Na Fortezza da Basso, entre 14 e 17 de Junho, reuniram-se mais de 600 marcas, na muito celebrada recuperação depois da pandemia. Entre as seis marcas portuguesas representadas, o sentimento é de optimismo, numa participação que classificam como “muito positiva”.

Sugerir correcção
Comentar