A batalha do Donbass: os cenários e a estratégia política do Ocidente

Iniciou-se na última semana a segunda fase da guerra, a chamada batalha do Donbass, cujo destino é altamente incerto do ponto de vista militar. Três cenários se desenham.

A transformação do Presidente Zelensky de Servidor do Povo a líder incontestado de uma nação unida é a melhor metáfora de como, em dois meses de guerra, a Ucrânia consolidou o estatuto de Estado Europeu, classificando-se para entrar no grupo dos países candidatos à adesão à UE. Graças ao impacto de duras sanções, à ajuda militar do Ocidente à Ucrânia e a uma surpreendente defesa ucraniana, Vladimir Putin enfrenta agora a possibilidade real de uma ofensiva paralisada, de uma “intervenção” interminável ou mesmo, a prazo, de uma derrota total. Isto é um grande feito: tornou-se agora claro que o Ocidente e a Rússia partilham uma fronteira na Ucrânia e que esta fará, pela força das circunstâncias e pela sua bravura na resistência, parte da Europa Ocidental.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários