Ao minuto

Biden chama Putin “criminoso de guerra” pela primeira vez. “Retórica inaceitável”, responde o Kremlin

Rússia e Ucrânia já têm um rascunho de plano de paz. Zelensky dirigiu-se ao Congresso dos EUA e pediu mais aviões de guerra e sistemas de defesa aérea. Biden diz que enviará “mais armas e ferramentas de combate”. Putin “é um criminoso de guerra”, acusa o presidente norte-americano. O Kremlin responde: “retórica” de Biden é “inaceitável”.