Partidos divididos entre fiscalizar e esperar pelo fim da legislatura

PSD pediu presença de Van Dunem na AR na próxima semana para explicar problemas nas eleições. IL e Chega admitem chamar Marta Temido; PEV fica-se pelas perguntas ao Governo e o CDS lembra que este Parlamento “já não corresponde à vontade do povo”.

Foto
A investidura da nova Assembleia da República só deverá acontecer a partir de 28 de Março Nuno Ferreira Santos

O que pode ou deve a Assembleia da República (AR) fazer neste mês e meio até à sua nova composição? Os partidos dividem-se na resposta – se uns querem manter o escrutínio ao Governo, como o PSD, a IL e o PEV, outros, olhando para a Constituição e para os resultados das eleições, consideram que a actividade do Parlamento se deve ficar pelo mínimo indispensável, como o PCP e o CDS.

Sugerir correcção
Comentar