Criptomoedas: o longo caminho para fugir à imagem de novos “paraísos fiscais”

Regulação fiscal e controlo da lavagem de dinheiro crescem passo a passo. Estados enfrentam difícil tarefa da credibilização: como dissociar os criptoactivos da narrativa das irregularidades e opacidade?

Foto
Protesto contra a bitcoin em São Salvador, capital de El Salvador, no dia 15 de Setembro Reuters/JOSE CABEZAS

El Salvador, o mais pequeno país da América Central, resguardado entre o Pacífico, a Guatemala e as Honduras, foi o primeiro Estado do mundo a atribuir curso legal à bitcoin. O arranque, há duas semanas, não foi auspicioso.