Comprar local e ser equilibrado é o caminho para uma alimentação sustentável

Conhecer a origem dos alimentos, ter cuidados na confecção e reduzir o consumo de carne são acções que podem contribuir para uma dieta mais sustentável.

Foto
daniel rocha

“De onde vem este produto?” “É um produto desta época?” “Quem produziu este alimento viu os seus direitos serem respeitados?” Estas são algumas das perguntas que se deve fazer para manter uma alimentação sustentável — uma “dieta com baixo impacte ambiental, que contribui para a segurança alimentar e nutricional da população, assim como para um melhor estado de saúde, tanto no presente como no futuro”, segundo a Associação Portuguesa de Nutrição.