Isabel Díaz Ayuso: “Nasceu uma estrela”

A vitória esmagadora da dirigente do PP dá ao partido de Pablo Casado um balão de oxigénio contra o Governo de esquerda, mas também evoca os riscos do “brilho deslumbrante das lideranças madrilenas”.

Foto
Ayuso em campanha eleitoral, em Madrid SUSANA VERA/Reuters

De candidata acidental a presidente incontestada com ambições nacionais, assim foi o percurso a pique de Isabel Díaz Ayuso no PP de Madrid e no governo da região mais importante de Espanha. Em dois anos, Díaz Ayuso passou de ser a candidata que se queixava por não ser reconhecida no centro da capital à líder triunfante que juntou uma pequena multidão para celebrar a sua vitória esmagadora na terça-feira à noite