Algumas notas materiais sobre a decisão de Ivo Rosa

Os crimes de fraude fiscal qualificada de que José Sócrates vinha acusado serão aqueles que mais condições têm para serem decididos de modo contrário ao que agora sucedeu na decisão instrutória.

Na sequência do que escrevi no online no passado domingo​, proponho-me, agora, tecer algumas considerações sobre pontos concretos da decisão de Ivo Rosa. Naturalmente que só os sujeitos processuais directamente envolvidos dispõem de todos os conhecimentos e acesso ao mastodôntico acervo probatório para se pronunciarem com toda a propriedade.