Fisco recupera director que lançou a polémica operação stop

Ex-director de Finanças do Porto que se demitiu em 2019 por causa da cobrança de dívidas numa rotunda de Valongo foi escolhido para director de Finanças de Coimbra.

Foto
Antes da operação stop em Valongo, houve quatro acções idênticas no distrito do Porto LUSA/ESTELA SILVA

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) tem um novo director de Finanças no distrito de Coimbra desde 1 de Abril. A directora-geral, Helena Borges, designou para o cargo José de Oliveira e Castro, o ex-director de Finanças do Porto que, em 2019, lançou uma controversa operação stop à beira de uma rotunda em Valongo para cobrar dívidas fiscais.