Pode uma penhora do fisco à beira da estrada ser abuso de poder?

Fiscalista admite que contribuintes penhorados na operação stop devem apresentar queixa-crime. Governo dá a cara pelo fisco e assume “erro” da operação stop para cobrar dívidas. Inquérito interno avança.

Fiscus
Fotogaleria
A operação do fisco foi realizada com a GNR LUSA/ESTELA SILVA
Fotogaleria
LUSA/ESTELA SILVA
Fiscus
Fotogaleria
LUSA/ESTELA SILVA
Fotogaleria
LUSA/ESTELA SILVA

Tudo parecia correr sobre rodas naquela manhã de terça-feira em Valongo, não fosse uma sui generis operação stop da GNR em Alfena surpreender o país pelo ineditismo de, à beira da estrada, qual venda de cerejas, o fisco se apresentar debaixo de chapéus-de-sol para cobrar dívidas a quem passava de automóvel.