Pablo Hasél: o rapper catalão que foi condenado por insultar o rei de Espanha

Publicações nas redes socais e repertório do músico incluem exaltação de grupos terroristas e ofensas a várias figuras do Estado espanhol, incluindo Felipe VI, Juan Carlos e inúmeros políticos.

Foto
“Nunca nos calarão. Morte ao Estado fascista!", gritou Hasél antes de ser detido, em Lérida RAMON GABRIEL/EPA

“Quantos milhões e milhões/ saquearam e gastaram/ durante tantos anos/ tantos membros da família real?/ E logo os psicopatas que nos governam/ dizem que não há dinheiro/ para direitos de primeira necessidade/ Mas têm os anos contados/ A república popular está próxima”.