evora,fugas,motores,portugal,algarve,turismo,
Fotogaleria
evora,fugas,motores,portugal,algarve,turismo,
Fotogaleria

Portugal de Lés-a-Lés: em 1111 quilómetros, não há longe, só distância

Desta vez, a distância a considerar na maior caravana motociclística da Europa foi muito mais aquela que a pandemia impõe entre as pessoas do que os quilómetros entre Lagos e Chaves. Cumpriram-se uma e outra. O Lés-a-Lés não é uma corrida, mas este teve vencedores e vencidos: ganhou a perseverança, a covid ficou para trás.

A noite chegou cedo e já quase só há luz no arco do palanque junto ao Tâmega, pelo qual vão passando as últimas motas a completar os 1111 quilómetros do 22.º Portugal de Lés-a-Lés que arrancou há quatro dias de Lagos para acabar aqui em Chaves. Apesar da escuridão dá para perceber que os responsáveis pela organização deste evento da Federação de Motociclismo de Portugal começam a descomprimir: acabou e correu bem.