Mesa de Lemos reabre portas: estrela Michelin volta a brilhar no Centro de Portugal

O único restaurante com estrela Michelin no Centro de Portugal, chefiado por Diogo Rocha, reabre a 18 de junho com novidades. Incluindo esplanada, nova carta e eventos gastronómicos com convidados: o primeiro é o músico Miguel Gameiro.

restaurantes,restaurante,regiao-centro,viseu,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
Mesa de Lemos DR
restaurantes,restaurante,regiao-centro,viseu,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
Mesa de Lemos DR
restaurantes,restaurante,regiao-centro,viseu,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
Mesa de Lemos DR
restaurantes,restaurante,regiao-centro,viseu,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
Diogo Rocha Adriano Miranda / PUBLICO
Fotogaleria
Quinta de Lemos e o restaurante Diogo Baptista

“Estamos a dizer ao mundo da gastronomia que também pode contar com Viseu”, dizia Diogo Rocha, nos finais de Novembro, ao celebrar a primeira estrela Michelin. Mas a alegria sob o signo da estrela durou pouco, devido à pandemia. O Mesa de Lemos, na quinta homónima, em Passos de Silgueiros, Viseu,​ regressa agora e promete muitas novidades.

Aberto em Maio de 2014, o restaurante quer acolher, a partir de 18 de Junho, os “apreciadores da boa gastronomia”, como se sublinha em comunicado. E o regresso traz-nos também uma nova ementa, com dois menus de degustação, o “Menu do Chef” e o Menu Lemos.

Para além disso, o restaurante contará com um novo evento: “Estava a Ver que Nunca mais Convidavas…”, que terá como convidados chefs, músicos ou artistas que ainda não marcaram presença no Mesa de Lemos, e que participarão num jantar especial. O primeiro jantar, marcado para dia 18 de Junho, às 20h, terá como convidado Miguel Gameiro, “homem que concilia o amor da música pelo da gastronomia”. No final do jantar, os presentes serão brindados com algumas músicas.

“Este novo evento gastronómico vem trazer novidades e alguma frescura ao nosso Mesa de Lemos”, diz Diogo Rocha, citado em comunicado. O cozinheiro, para além da estrela Michelin que lhe foi atribuída em 2019, renovou ainda o Garfo de Ouro atribuído pelo guia Boa Cama Boa Mesa em 2020. “Além dessa solidez na proposta gastronómica, queremos continuar a inovar e a conquistar novos públicos para o Centro de Portugal, e em particular para o distrito de Viseu, com a certeza de toda a segurança e compromisso de proporcionar bons momentos à nossa Mesa”, acrescenta. 

Outros convidados estão já confirmados para o jantar de abertura, “como os irmãos Geadas, do restaurante G, em Bragança, que irão ao Mesa de Lemos no mês de Julho”. Porém, as surpresas não acabam aqui: há agora uma esplanada no exterior do Edifício de Lemos, com vista sobre as vinhas plantadas por Celso de Lemos. “As refeições ao ar livre passam assim a ser possíveis, assim como começar a experiência gastronómica no exterior e terminá-la no interior do Mesa de Lemos”, informam.

O preço do jantar de reabertura é de 100€ por pessoa. No caso do novo Menu do Chef, o valor é de 105€, com pairing de vinhos por 40€, incluindo sete momentos (“Da nossa Horta - A Cenoura; Do Algarve – A Anchova; Da Islândia - O Bacalhau; Do Atlântico Nordeste - O Cantarilho; Da Serra da Estrela - O Borrego; Dos Açores - O Ananás; e Do Lobão da Beira - O Morango); já o “Menu Lemos” tem cinco momentos (80€, com pairing de vinhos a 25€) que mantém todas as propostas do outro menu, com excepção da Anchova e do Morango.

Texto editado por Luís J. Santos

Sugerir correcção