O rosa e o encarnado dominaram a passadeira dos BAFTA

Os prémios de cinema britânicos chegaram na noite de domingo ao Royal Albert Hall.

Fotogaleria
Renee Zellweger escolheu o cor-de-rosa para os prémios britânicos
Fotogaleria
Gemma Whelan, da série "The Game of Thrones"
Fotogaleria
Kaitlyn Dever, da série da Netflix, "Unbelievable"
Fotogaleria
Rebel Wilson confessou em palco que reciclou o seu vestido, de maneira original
Fotogaleria
Scarlett Johansson vestida por Versace
Fotogaleria
Margot Robbie, vestiu Chanel e actuou em "Era uma vez em... Hollywood" e, recentemente, "O Escândalo"
Fotogaleria
A escolha da actriz Wallis Day recaiu sobre um vestido mini/maxi encarnado
Fotogaleria
Florence Pugh escolheu um modelo Dries Van Noten. A actriz faz parte do elenco de "Mulherzinhas"
Fotogaleria
A sul-africana Charlize Theron está nomeada para os Óscares por "O Escândalo"
Fotogaleria
Vick Hope é apresentadora de rádio e de televisão
Fotogaleria
Ella Balinska actuou em "Os Anjos de Charlie"
Fotogaleria
A veterana Laura Dern ganhou o prémio de melhor actriz secundária
Fotogaleria
Vanessa Kirby vestiu Valentino.
Fotogaleria
Quentin Tarantino, o realizador de "Era uma vez em... Hollywood"
Fotogaleria
Adam Driver, de "Marriage Story" e a mulher Joanne Tucker
Fotogaleria
Daisy Ridley, da saga "Star Wars", vestiu Samantha McMillen
Fotogaleria
Alice Eve em Ralph & Russo que também participou em "O Escândalo"
Fotogaleria
Emilia Clarke à chegada aos prémios britânicos
Fotogaleria
Gillian Anderson, da série da Netflix "Sex Education", optou por um vestido preto de corte clássico
Fotogaleria
Victoria Silvstedt, modelo e apresentadora sueca, escolheu o dourado
Fotogaleria
Naomi Ackie veste Valentino
Laura Whitmore
Fotogaleria
A actriz e realizadora Greta Gerwig escolheu um verde esmeralda
Fotogaleria
Kate Middleton repetiu um vestido Alexander McQueen usado em 2012

Depois das celebrações do Brexit, os prémios de cinema britânicos, os BAFTA, tomaram conta da noite londrina de domingo. O Royal Albert Hall encheu-se de glamour e foram muitas as estrelas, locais e internacionais, que pisaram a passadeira vermelha, antes de chegar a grande noite dos Óscares.

Além do sempre e eterno negro, as escolhas recaíram sobre outras cores, mas o encarnado e o cor-de-rosa acabaram por sobressair em vestidos como os da veterana Renee Zellweger ou da estrela revelação Kaitlyn Dever, da série da Netflix, Unbelievable. Ou mesmo nos tons fortes escolhidos por Florence Pugh, uma das actrizes que dá corpo às Mulherzinhas, de Greta Gerwig. 

O vermelho foi a escolha de Rebel Wilson que, em palco, disse ter reciclado o seu vestido — o encarnado era de um vestido que usou quando não conquistou a coroa de Miss Austrália, o preto de um funeral ao filme Cats, no qual participou e que não foi propriamente um sucesso de bilheteira. A graça deveu-se a uma das directivas que a organização do evento enviou aos seus convidados — a proposta foi a de vestir de forma sustentável. A London College of Fashion fez mesmo um guia sobre consciência ambiental que chegou às mãos de todos.

A duquesa de Cambridge, que chegou acompanhada por William, o segundo na linha de sucessão ao trono de Isabel II, foi obediente e cumpriu o pedido. Kate escolheu um vestido Alexander McQueen que usou em 2012 pelo jubileu de diamantes da rainha. 

O grande vencedor da noite foi o filme 1917, que conquistou sete dos nove prémios para que estava nomeado.