Opinião

Ideia para a nova década: um imposto progressivo sobre o património

Permite corrigir a erosão da progressividade dos impostos sobre o rendimento, já que a distribuição da riqueza é muito mais desigual do que a do rendimento.

Este é o meu último artigo da década. Vou usá-lo para deixar um apelo a que na década de 20 em que estamos prestes a entrar olhemos a sério para os impostos sobre o património. Os dados estão lançados: pelo menos na campanha para as primárias do Partido Democrata nos EUA, o tema tem sido bastante debatido, pela mão dos senadores Elizabeth Warren e Bernie Sanders.