Estado prolonga concessão da Fertagus para empresa poder pagar dívida

Prorrogação da concessão ferroviária na ponte 25 de Abril é justificada pela necessidade de a empresa gerar receitas para poder pagar oito milhões de euros à Infraestruturas de Portugal por um aumento imprevisto da taxa de uso que não estava contratualizado.

Foto
Nuno Ferreira Santos

Quatro anos e nove meses. Até Setembro de 2024 a Fertagus, empresa do grupo Barraqueiro e a única operadora ferroviária privada em Portugal, vai continuar a operar entre Lisboa e Setúbal.