Eneko Atxa, uma alma basca no “romantismo absoluto” de Lisboa

O chef basco que conquistou três estrelas Michelin para o seu Azurmendi, em Bilbao, e também o prémio para o restaurante mais sustentável do mundo, chega agora a Lisboa (depois de Londres e Tóquio) para abrir o Eneko e o Basque no espaço do antigo Alcântara Café.

Foto
O chef basco Eneko Atxa Nuno Ferreira Santos

Quando saímos, no final do jantar, do novo Eneko Lisboa, o restaurante que o chef basco do Azurmendi (três estrelas Michelin) acaba de inaugurar (abertura oficial dia 1 de Outubro) no espaço do antigo Alcântara Café, levamos connosco um pequeno saquinho de serapilheira com sementes. São de ervilha, explica-nos uma das funcionárias da equipa, recomendando-nos que as plantemos apenas no Outono.