PCP substitui deputado Miguel Tiago pelo economista Duarte Alves

Miguel Tiago, que se distinguiu pelo acompanhamento das comissões de inquérito ao BES e BPN, vai dedicar-se à geologia e integrar a comissão das actividades económicas do Comité Central.

Orquestra, acessório instrumento musical, música clássica, músico sessão, comunicação
Foto
RG Rui Gaudencio

No início dos trabalhos parlamentares, em Setembro, o lugar do deputado comunista Miguel Tiago passará a ser ocupado pelo economista Duarte Alves, até aqui assessor parlamentar da bancada do PCP e que estava em décimo lugar na lista de candidatos da CDU pelo círculo de Lisboa.

De acordo com a nota da direcção da Organização Regional de Lisboa do PCP, Duarte Alves, de 27 anos, é licenciado pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) de Universidade de Lisboa e tem participação política no partido desde a JCP, onde pertenceu à direcção nacional, ao secretariado e comissão política. Dentro do partido acompanhou a pasta do ensino superior e agora dedica-se à área das questões económicas; enquanto aluno do ISEG representou os estudantes no Conselho Pedagógico daquela instituição universitária.

No círculo eleitoral de Lisboa, a CDU elegeu cinco deputados - que são os que estão actualmente no Parlamento (Jerónimo de Sousa, Rita Rato, Miguel Tiago, José Luís Ferreira e Ana Mesquita) -, mas "salta" agora quatro eleitos da lista de candidatos para ir buscar ao décimo lugar o economista Duarte Alves para substituir Miguel Tiago.

Depois de 13 anos como deputado, Miguel Tiago, de 38 anos, irá agora exercer a actividade profissional da sua área de formação, a geologia, mas integrará o órgão central do partido, passando a fazer parte da Comissão das Actividades Económicas do Comité Central do PCP. O deputado destacou-se no acompanhamento de questões financeiras e do sistema bancário, nomeadamente nas comissões parlamentares de inquérito ao BPN, Banif, BES e CGD.