Ronaldo "não quer ficar em Espanha" e diz que "não há marcha atrás"

“Vou sair do Real Madrid, já decidi", terá dito o jogador aos seus companheiros da selecção portuguesa, segundo o jornal Marca.

Cristiano Ronaldo estará desiludido com a situação levantada pelo fisco espanhol
Foto
Cristiano Ronaldo estará desiludido com a situação levantada pelo fisco espanhol LUSA/MÁRIO CRUZ

Cristiano Ronaldo fez saber que deseja abandonar o Real Madrid. Fontes próximas do jogador revelaram à BBC que Ronaldo “não quer ficar em Espanha”, mostrando-se “triste e muito chateado”. O futebolista terá dito aos companheiros da selecção portuguesa que “não há marcha atrás” na decisão da saída do clube espanhol, avança o jornal Marca.

“Ele sente que é honesto, que tem bom carácter e que fez tudo bem”, disse uma fonte próxima de Cristiano Ronaldo à BBC. “Ele não quer ficar em Espanha. Neste momento, ele que sair”, revelou ainda a mesma fonte que diz que o jogador está “triste e muito chateado” com o caso em que está acusado de fraude fiscal.

Segundo o jornal espanhol Marca, o jogador português não se sente bem em Espanha e fez saber aos seus companheiros de equipa da selecção portuguesa que quer sair do Real. “Vou sair do Real Madrid, já decidi. Não há marcha atrás”, terá dito aos companheiros de equipa na selecção.

A vontade de Ronaldo em abandonar o Real Madrid já tinha sido noticiada na edição desta sexta-feira do jornal desportivo A Bola. E o Record avança que o futebolista poderá nem sequer voltar a Espanha, depois do fim da Taça das Confederações, que começa a ser disputada este sábado na Rússia.

Cristiano Ronaldo estará desiludido com a situação levantada pelo fisco espanhol, considerando-se “vítima de perseguição”, diz A Bola, e terá já comunicado a decisão de deixar o Real Madrid ao presidente do clube, Florentino Pérez.

Ronaldo foi acusado, na terça-feira, pelo fisco espanhol de quatro delitos de fuga ao fisco. Estes actos terão sido cometidos entre 2011 e 2014 e correspondem a uma fraude fiscal no valor 14,7 milhões de euros. O jogador português pode incorrer numa multa superior a 28 milhões de euros e enfrentar prisão efectiva de um mínimo de sete anos.

Numa possível resposta às acusações de que tem sido alvo, Cristiano Ronaldo publicou no Instagram, esta quinta-feira, uma fotografia que se fazia acompanhar da frase “Por vezes, a melhor resposta é estar calado”, remetendo-se assim para o silêncio.

Sometimes the best answer it's to be quiet ????

Uma publicação partilhada por Cristiano Ronaldo (@cristiano) a

A notícia da possível saída de Ronaldo suscitou algumas reacções por parte de outros clubes que – em tom humorístico – demonstraram interesse em juntar ao plantel o jogador português.

O clube alemão Hertha de Berlim quer Cristiano Ronaldo na sua equipa, embora tenha avisado que não tem dinheiro para o contratar – a cláusula de rescisão de Cristiano Ronaldo estará nos mil milhões de euros. “Ronaldo quer deixar o Real Madrid. Não há dinheiro, mas há um desafio galáctico e Berlim vai amar-te como a um filho. Interessado @Cristiano? #hahohe”, escreveu o clube no Twitter.

Por cá, o Sporting registou a sua vontade em ter de volta o futebolista que começou a sua carreira profissional no clube. “Cristiano, o bom filho à casa torna... ainda demoras?”, escreve o clube, ilustrando a publicação com uma camisola verde com o número 7 e o nome do jogador.