Passos vai ter de prestar mais esclarecimentos ao Parlamento no âmbito do caso Tecnoforma

Foto
Passos Coelho Pedro Nunes

PSD, CDS e PS abstiveram-se nesta sexta-feira na votação do projecto do PCP, que prevê que o Parlamento envie ao primeiro-ministro os elementos constantes da sua declaração do registo de interesses de deputado e do respectivo processo de atribuição do subsídio de reintegração, com o fim de que preste esclarecimentos sobre os mesmos.

O objectivo é que Pedro Passos Coelho esclareça, no âmbito do caso Tecnoforma, por que não incluiu no seu registo de interesses a actividade que desenvolveu na organização não-governamental Centro Português para a Cooperação e os respectivos montantes, condições e formas de pagamento das despesas de representação.

PCP, BE e PEV votaram a favor do projecto de deliberação, o que significa que o pedido será agora remetido para São Bento.

O líder da bancada do PSD, Luís Montenegro, declarou que os sociais-democratas não iriam "inviabilizar" a iniciativa do PCP, apesar do seu "método atípico". Montenegro lembrou, no entanto, que os debates quinzenais no Parlamento são os "momentos próprios" para que Passos Coelho preste os esclarecimentos que os partidos considerem oportunos.

Sugerir correcção