O Novo Banco, a CGD, o BCP e o Montepio têm em carteira 85% dos activos sem rentabilidade que estão a contaminar as contas do sistema.