Investigações fiscais e partilha de dados já geraram 114 mil milhões em receitas em todo o mundo

Troca de informações sobre contas financeiras entre mais de cem administrações fiscais a nível mundial dá a conhecer activos de 11 biliões de euros.

Foto
As revelações dos Panama Papers impulsionaram prioridade política no combate aos paraísos fiscais EPA/Bienvenido Velasco

A vaga de troca automática de informações entre as autoridades tributárias a nível mundial, que se iniciou há cinco anos, aliada às investigações fiscais a activos ocultos e às regularizações voluntárias de impostos, já permitiu aos Estados recuperarem 114 mil milhões de euros de receitas adicionais, estima a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

Sugerir correcção
Ler 1 comentários