Atenção gulosos, veganos e quem gosta de croissants mornos e de pão “feito com gosto”: chegou a Belo Farelo

Croissants, bolo-rei e até pastel de nata. E pão. Tudo vegano, pois claro. João Barros e Luís Igreja testaram, testaram, testaram e estão satisfeitos com as receitas da sua boulangerie no Porto — e com os princípios que defende.

Foto
Paulo Pimenta Luís Igreja e João Barros fundaram a Padaria Belo Farelo

Já é possível ser-se extremamente guloso e vegano — exactamente, as duas coisas ao mesmo tempo — numa ou noutra cidade portuguesa sem precisarmos de fazer doces e bolos em casa. Lisboa é sempre a capital neste tipo de novas vagas e também no Porto sabemos em que porta bater quando estamos a ressacar de croissants mornos ("Mais tostadinho ou mais clarinho?”), brownie (com nozes de Trás-os-Montes, de onde também chegam as amêndoas e as avelãs) ou uma simples fatia de bolo para acompanhar o chá, a meia de leite ou o galão — sem leite, pois claro.

Sugerir correcção
Comentar