Fórmula de actualização das pensões só funcionou três vezes em 15 anos

Durante seis anos, o mecanismo de actualização automática esteve suspenso e mais recentemente, entre 2017 e 2022, teve de ser complementado com aumentos extras para os pensionistas de menores rendimentos.

Foto
Pensionistas vão receber uma parte do aumento previsto em 2023 já em Outubro. Nuno Ferreira Santos

Em 15 anos de vida, a fórmula de actualização das pensões, que começou a ser aplicada em 2008 e que o Governo admite alterar, só funcionou efectivamente em 2008, 2009 e 2016. No resto do tempo, esteve suspensa ou então foi complementada com aumentos extraordinários, para compensar os pensionistas com rendimentos mais baixos. Em 2023, as pensões terão um regime transitório e, mais uma vez, a fórmula não irá aplicar-se.

Sugerir correcção
Ler 18 comentários