Testemunhas ouvidas por peritos que vão analisar grandes fogos terão direito ao anonimato

O objectivo do grupo de trabalho, que vai recorrer a uma metologia de lições aprendidas da NATO, não é apurar responsabilidades, mas perceber que medidas podem ser tomadas para melhorar dentro de cada instituição a resposta ao problema dos incêndios rurais.

Foto
O incêndio que consumiu mais de 25 mil hectares na serra da Estrela vai ser o primeiro a ser analisado. Tiago Lopes

O grupo de trabalho que irá analisar os grandes incêndios rurais deste ano vai recorrer uma metodologia inspirada em modelos usados pela NATO, que implica, por exemplo, o recurso a entrevistas anónimas, para sugerir melhorias no sistema de prevenção e combate aos fogos.

Sugerir correcção
Ler 8 comentários