Bolsonaro vai abrir campanha eleitoral com comício na cidade onde foi esfaqueado

Numa eleição brasileira que se teme que venha a ser violenta, Lula cancelou o seu primeiro acto oficial de campanha, esta terça-feira, a pedido da polícia, por razões de segurança.

Foto
Toalhas e artigos de Bolsonaro e Lula à venda no Rio de Janeiro RICARDO MORAES/Reuters

A campanha eleitoral para as eleições brasileiras de 2 de Outubro começa oficialmente esta terça-feira, apesar de os dois principais candidatos, o Presidente Jair Bolsonaro e o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva já estarem há muito na estrada. A diferença é que agora os candidatos podem apelar directamente ao voto sem correr o risco de serem multados pela justiça eleitoral e começam a ser transmitidos os tempos de antena na rádio e televisão.

Sugerir correcção
Ler 6 comentários