A nova cara de San Sebastián, a cidade que é um dos maiores destinos gastronómicos do mundo

Com mais imigrantes, jovens empreendedores e gente disposta a olhar com atenção para o campo, a cidade dos pintxos e das estrelas Michelin tem-se tornado palco de novos e excitantes projectos gastronómicos. Nunca foi tão bom visitar o País Basco!

pais-basco,restauracao,alimentacao,gastronomia,fugas,espanha,
Fotogaleria
A cozinha do restaurante Amelia Oscar Oliva Poza
pais-basco,restauracao,alimentacao,gastronomia,fugas,espanha,
Fotogaleria
. Alex Froloff

Há várias décadas que San Sebastián, o charmoso reduto litoral encravado na província de Guipúzcoa, no País Basco, se orgulha de concentrar o maior número de estrelas do Guia Michelin per capita no mundo. A cidade que serviu de berço da Nova Cozinha Basca, movimento que colocou a culinária espanhola nos holofotes do mundo (antes mesmo das esferificações e das espumas de Ferran Adrià), reúne 19 estrelas para uma população de cerca de 400 mil habitantes na área metropolitana. Mas não foi apenas este firmamento estrelado que fez dela um dos maiores destinos gastronómicos do mundo. Os quase dois milhões de visitantes anuais chegam a San Sebastián também de olho nos pintxos, como são conhecidas as tapas à moda basca: nos bares da Parte Velha ou dos bairros mais modernos, turistas lotam os balcões em busca de gildas (feitas de anchovas, azeitonas e piparras) e copos de txakoli (o vinho branco local). Uma cultura muito arraigada nos hábitos alimentares donostiarras (o gentílico dos habitantes, uma alusão ao nome da cidade no idioma basco, Donostia).

Sugerir correcção
Comentar