É oficial: Ucrânia e Moldova são os novos países candidatos à adesão à UE

Conselho Europeu aprova a candidatura da Ucrânia e da Moldova, que agora se juntam aos países dos Balcãs Ocidentais no processo de alargamento da UE.

Foto
O chanceler alemão, Olaf Scholz (de frente), com os primeiros-ministros da Bulgária, Hungria e Bélgica Reuters/JOHANNA GERON

Sem discussão, nem hesitação, os chefes de Estado e governo da União Europeia aprovaram as conclusões do Conselho Europeu onde reconhecem a “perspectiva europeia” da Ucrânia, da República da Moldova e da Geórgia. “O futuro destes países e dos seus cidadãos reside no seio da União Europeia”, confirmaram os líderes europeus, que como esperado, também decidiram conceder o estatuto de país candidato à adesão à Ucrânia e à Moldova.

Sugerir correcção
Ler 22 comentários