Agressividade dos bancos centrais contra a inflação assusta mercados

Reserva Federal deve subir esta quarta-feira as suas taxas de juro em 0,75 pontos. Um movimento brusco que está a levar as bolsas a cair e os juros da dívida, como a de Portugal, a subirem rapidamente.

Foto
Reuters/BRENDAN MCDERMID

A perspectiva de ter os principais bancos centrais do mundo a tomar medidas mais agressivas do que se pensava para combater a escalada da inflação está a acentuar os receios nos mercados de que a economia mundial possa mesmo estar a entrar numa recessão provocada pelo aumento generalizado dos custos de financiamento. Esta terça-feira, na véspera de mais uma decisão da Reserva Federal (Fed), as bolsas voltaram a cair e as taxas de juro da dívida pública subiram, com as obrigações portuguesas a 10 anos a ultrapassarem já a barreira dos 3%.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários