Banco Central Europeu

Todos os tópicos

O mais avisado será Portugal aproveitar esta relativa bonança para fazer regressar o investimento público estruturante neste ano e no próximo.

  • O mais avisado será Portugal aproveitar esta relativa bonança para fazer regressar o investimento público estruturante neste ano e no próximo.

  • Redução das maturidades proposta pelo grupo de trabalho de sustentabilidade da dívida é vista, na actual conjuntura, como muito arriscada por antigos presidentes do IGCP.

  • A principal taxa de refinanciamento mantém-se em 0%, um mínimo que se fixou desde Março de 2016.

  • As boas notícias é que em 2016 se não se considerassem medidas extraordinárias, nomeadamente com origem na banca, a dívida pública ter-se-ia reduzido 1,7 pontos percentuais do PIB.

  • Agência que segura financiamento do BCE a Portugal reafirma rating de BBB (baixo).

  • Com um banco que não é de Portugal, sendo antes uma sucursal do BCE, com as regras de Frankfurt e de Bruxelas, o país é nesta área o equivalente a uma colónia.