Para amar o whisky é preciso conhecê-lo, mas ele foge tanto...

O whisky é uma bebida seca e limpa, um destilado de cevada que na publicidade se orgulha de não levar mais nada... mas que leva muita coisa até chegar a nós. Qual é a solução? A solução radical é beber whiskies que sejam os mais nus que é possível

Foto
MARIANVEJCIK/GETTY IMAGES

Os meus anos de fascínio e prazer a estudar e a beber whisky já são mais do que cinquenta. Os de preocupação com o whisky não são tantos – mas já são mais de trinta. Dirão que a preocupação faz parte do prazer. É mentira. Pelo menos é mentira para quem não é masoquista. Mas há um importantíssimo ponto de contacto: a preocupação faz parte do amor, faz parte da celebração: se não houvesse uma coisa com a qual nos preocuparmos, uma coisa que existe mesmo e que adoramos e temos medo de perder, que sentido faria queixarmo-nos?

Sugerir correcção
Ler 2 comentários