Labour celebra “ponto de viragem” após “noite difícil” dos conservadores e ressurreição dos Liberais-Democratas

Partido Conservador bastante penalizado em Inglaterra e na Escócia no primeiro teste eleitoral pós-Partygate. Trabalhistas conquistam círculos importantes de Londres e tornam-se a segunda maior força escocesa. Sinn Féin deve ganhar legislativas na Irlanda do Norte.

Foto
Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido, diz que percebeu a mensagem dos eleitores POOL/Reuters

O primeiro exame eleitoral ao impacto do Partygate, o escândalo das festas em Downing Street durante a pandemia, castigou duramente o Partido Conservador. Nas eleições locais, realizadas na quinta-feira, os tories perderam mais de 300 vereadores e pelo menos dez councils em Inglaterra, incluindo alguns bairros históricos de Londres e importantes localidades na região Sul inglesa.

Sugerir correcção
Comentar