Isabel Mota: “A fundação está bem entregue”

O modelo de governação colegial da Gulbenkian é complexo e pode ser moroso, mas, para a presidente cessante, é uma garantia de eficácia e ponderação e um obstáculo a lideranças de risco. Com esse modelo, Isabel Mota está confiante no futuro. Mesmo que não diga se apoiou a escolha do seu sucessor.

Foto
Isabel Mota tem esta terça-feira o seu último dia como presidente da Fundação Gulbenkian Rui Gaudêncio

Isabel Mota, que tem esta terça-feira o seu último dia como presidente da Fundação Gulbenkian, vai manter, como é tradição da casa, um gabinete na sede da Avenida de Berna. Sobre o futuro, prefere dizer que vai descansar e gozar os netos.

Sugerir correcção
Comentar