PS vai avançar com alterações à lei eleitoral das legislativas

O líder parlamentar do PS explica que, na sua bancada, vão ser retomados os processos legislativos das ordens profissionais, dos debates com o primeiro-ministro e da eutanásia. E vão reflectir sobre a lei da nacionalidade, no que se refere aos sefarditas.

Foto
Eurico Brilhante Dias é o líder parlamentar do PS Rui Gaudencio

“Ninguém compreenderia que a Assembleia da República não olhasse, com particular atenção, para a lei eleitoral das legislativas”, defende, em declarações ao PÚBLICO, Eurico Brilhante Dias, o novo líder parlamentar do PS, eleito na semana passada por 110 deputados socialistas, num universo de 118 votantes — houve quatro votos brancos, quatro nulos e dois deputados estavam ausentes por razões pessoais.

Sugerir correcção
Ler 4 comentários