“Se não agora, quando?” Guerra na Ucrânia relança debate sobre a relevância da ONU

António Guterres já pediu o fim da guerra por diversas vezes, mas não foi em Nova Iorque que Rússia e Ucrânia se reuniram para negociar. A sempre adiada reforma do Conselho de Segurança é uma urgência, defendem vários analistas.

Foto
Sede da ONU em Nova Iorque CARLO ALLEGRI/Reuters

Sugerir correcção
Ler 11 comentários