Como os pais estão a arranjar tempo para si sem se sentirem culpados

Seja ver séries, ouvir podcasts, ler um livro, fazer uma caminhada ao ar livre ou até cozinhar, o mais importante é que os pais tirem algum tempo para o autocuidado.

Foto
A maternidade nunca foi sinónimo de tempo para autocuidado, mas é fundamental encontrar um equilíbrio Unsplash/Matias North

Acabo de apagar todas as luzes do meu quarto e começo a aninhar-me enquanto a sinistra voz de Keith Morrison, do programa Dateline da NBC, apresenta mais um marido suspeito e ouço os passos em bicos de pés de uma criança de 8 anos fora do meu quarto. “Mamã? Estás a assistir ao programa do crime?”, pergunta. “Claro que estou!”, digo, enquanto os pezinhos do meu filho recuam escada abaixo, porque agora sabe que este é, oficialmente, o tempo para mim, uma hora de programação propositadamente imprópria para crianças. E não me sinto mal com isso. De todo.

Sugerir correcção
Comentar