Um bluff da Rússia?

No conflito da Rússia com a Ucrânia há factos que são dados objectivos e por isso um necessário ponto de partida para qualquer análise. Mas há também muita informação (ou desinformação) onde os dados que emergem são impossíveis de confirmar.

1. Em inícios de 2022 uma questão marca reiteradamente a política internacional: irá a Rússia invadir militarmente a Ucrânia? Mesmo os mais desatentos aos acontecimentos no mundo colocaram essa questão a si próprios dada a profusão de informações sugerindo uma elevada probabilidade de invasão militar. Múltiplas imagens de manobras russas efectuadas na Rússia e na vizinha Bielorrússia e de grandes quantidades de tropas e material militar estacionadas próximas da fronteira da Ucrânia emergiram nos media. Inevitavelmente, instalaram-se na opinião pública sentimentos de receio e medo do eclodir de uma guerra no Leste da Europa, podendo originar um grande conflito regional ou mundial de trágicas consequências. Mas estamos mesmo a viver uma situação onde o risco de guerra é tão elevado quanto a profusão de informações e imagens sugerem? Essa é uma questão crítica sobre a qual vale a pena aqui reflectir.

Sugerir correcção
Ler 16 comentários