Apreendidos 516 milhões de euros em 2020 para tentar recuperar lucros de crimes

Número é 18 vezes maior do que o registado em 2019 e 12 vezes superior à média dos quatro anos anteriores. Parte substancial do valor estará relacionada com os arrestos a contas bancárias e outros bens da empresária angolana Isabel dos Santos.

Foto
A Herdade da Comporta (na foto) foi um dos bens arrestados no processo sobre o colapso do universo Espírito Santo. Miguel Manso

O Ministério Público apreendeu, em 2020, bens no valor de quase 516 milhões de euros, no âmbito da chamada recuperação de activos, que tenta retirar aos criminosos as vantagens que obtiveram com os ilícitos que cometeram para as fazer reverter para o Estado. O número é 18 vezes maior do que os 28,6 milhões de euros congelados no ano anterior com o mesmo objectivo e 12 vezes superior à média dos quatro anos anteriores, que se cifra em 41,4 milhões de euros.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários