“É preciso assumir a vantagem de se ter um pai médico em vez de um pai com a quarta classe”

Estarão os portugueses mais divididos em bolhas sociais? Para o economista João Ferro Rodrigues, Portugal vive cada vez mais em universos estanques. E diz que a escola pública é o lugar mais importante para se rebentarem essas bolhas. Escreveu um livro onde apresenta propostas para promover o bem comum.

Foto

A dada altura, no livro A Era do Nós: Propostas para Uma Democracia do Bem Comum, o economista e empresário João Ferro Rodrigues questiona se não estará a viver uma crise da meia-idade. Nascido em 1976, reconhece o privilégio em que viveu e vive, em que os seus amigos e pessoas com quem se cruza vivem, assim como os seus filhos. No seu caso, estudou na Universidade Católica Portuguesa e tem um MBA pela Harvard Business School.

Sugerir correcção
Ler 69 comentários