Administração americana tenta bloquear compra da Simon & Schuster pela Penguin Random House

Acção que agora deu entrada no tribunal quer impedir a concentração de gigantes editoriais. Negócio acordado entre as duas empresas ascendia a perto de 2,2 mil milhões de dólares.

Foto
THE WASHINGTON POST/CHRIS RATCLIFFE/BL

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos moveu esta terça-feira uma acção no Tribunal Distrital de Colúmbia, em Washington, com o objectivo de bloquear a aquisição, por parte da Penguin Random House, do grupo editorial Simon & Schuster, um negócio que tinha sido acordado no ano passado e que ascenderia a perto de 2,2 mil milhões de dólares (cerca de 1,9 mil milhões de euros).

Sugerir correcção
Comentar