Julgamentos por lenocínio caíram para menos de metade em dez anos

Cabo da GNR fez estudo na Comarca de Aveiro, no qual juízes, procuradores e elementos dos órgãos de polícia criminal salientaram a complexidade de um crime que raramente resulta em condenação.

Foto
Paulo Pimenta

Em dez anos, caíram para menos de metade os processos por lenocínio julgados nos tribunais de primeira instância portugueses e para pouco mais de um terço os arguidos que de lá saíram condenados. Como é que as autoridades lidam com estes casos?

Sugerir correcção
Ler 4 comentários