Leão admite melhorar aumento extra das pensões, sem ameaçar equilíbrio financeiro

Ministro responde à esquerda que o Governo continua disponível para “encontrar soluções”. Mas avisa que o rigor na gestão financeira não pode ser posto em causa.

Foto
João Leão foi ouvido no Parlamento Miguel Feraso

Com o dia da votação da proposta de Orçamento do Estado a aproximar-se, o ministro das Finanças diz-se disposto a “encontrar soluções e compromissos”, mas, num recado dirigido aos partidos à esquerda do PS, avisa que os compromissos não podem colocar em causa o equilíbrio e o rigor na gestão dos recursos financeiros do Estado.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários