Trilhos de dinossauros da pedreira do Galinha vão ficar mais visíveis com uma coloração

Pegadas de saurópodes vão receber uma coloração natural para que os visitantes possam ter uma percepção mais nítida da sua (grande) dimensão.

Foto
O geólogo Galopim de Carvalho em 1994 junto a um dos trilhos de dinossauros na Pedreira do Galinha, na serra de Aire DR

As pegadas de dinossauro da pedreira do Galinha, nos concelhos de Ourém e Torres Novas, foram classificadas há 25 anos como monumento natural. Para o geólogo António Galopim de carvalho, que propôs a classificação deste trilho de pegadas com 175 milhões de anos, esta sexta-feira é por isso um dia de festa. E a festa inclui uma visita à jazida de pegadas e a apresentação dos trabalhos em curso de conservação e requalificação, que passam pela aplicação de produtos que realcem a imponência das pegadas dando-lhes uma coloração natural.

Sugerir correcção
Comentar