Paleontologia

Todos os tópicos

Um ecossistema fossilizado nos Estados Unidos veio mostrar que a vida recuperou rapidamente após a extinção de 90% das espécies da Terra.

  • Um ecossistema fossilizado nos Estados Unidos veio mostrar que a vida recuperou rapidamente após a extinção de 90% das espécies da Terra.

  • Podia ultrapassar os dois metros de comprimento e os 50 quilos.

  • Eram tão desconcertantes que não se conseguia determinar a sua posição exacta nas relações evolutivas entre as espécies – daí que os cientistas se limitassem a classificá-los como incertae sedis, a expressão em latim para “posição incerta”.

  • Não se sabia qual era o tempo de incubação dos dinossauros. Um grupo de cientistas analisou a dentição de embriões – é que eles são muito raros – e chegou agora uma conclusão.

  • O animal viveu (e morreu) no período do Cretáceo e não teria mais de 15 centímetros de altura.

  • Mais de 300 pegadas na praia da Peralta põem uma pedra na discussão, diz equipa de cientistas, sobre a forma de andar dos pterossauros. Não, não eram bípedes.

O Público faz anos e o presente é para si! Saiba mais