Rui Rio reforçado com vitória surpresa de Carlos Moedas

Confirmou-se a vitória da coligação PSD-CDS em Lisboa, em Coimbra e no Funchal, câmaras perdidas pelo PS. Os socialistas mantêm a maioria e asseguram a liderança do ANMP e da Anafre. A CDU continua em erosão e perde pelo menos seis câmaras, entre elas Loures.

Foto
A vitória de Carlos Moedas em Lisboa reforçou o líder do PSD, Rui Rio, e o líder do CDS, Francisco Rodrigues dos Santos Rui Gaudêncio

A surpresa da noite eleitoral autárquica foi a vitória do candidato do PSD e do CDS, Carlos Moedas, à Câmara de Lisboa, que conquistou a Fernando Medina, até agora presidente da Câmara de Lisboa, em nome do PS. Derrota clara do PS ocorreu também em Coimbra, onde o presidente da câmara e também presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), foi apeado dos paços do concelho pelo candidato independente José Manuel Silva, ex-bastonário da Ordem dos Médicos, que concorreu apoiado por uma coligação liderada pelo PSD e pelo CDS.