Já chegaram a todo o lado menos à televisão e ao cinema: será que as influencers Charli D’Amelio e Addison Rae vão quebrar a maldição?

Chegam a ter mais de 100 milhões de seguidores nas redes sociais, mas são desilusões nos media tradicionais. O que explica o fracasso dos influencers fora do online?

Foto
Charli D'Amelio e Addison Rae NBAE

YouTube, Instagram e agora TikTok. As redes sociais são cada vez mais a ponte de lançamento de anónimos que se transformam em estrelas e que, mais tarde, tentam a sua sorte na televisão ou no cinema. Por vezes corre bem, por outras é desastroso. Será caso para dizer: o que nasce no online, fica no online?