Líder da máfia calabresa perde última tentativa para ficar em Portugal

Autoridades nacionais têm até 15 de Setembro para extraditarem Francesco Pelle, que estava em coma por causa da covid-19 quando foi apanhado em Lisboa, depois de uma vida dedicada ao crime.

Foto

Apanhado no final de Março passado no hospital de S. José, em Lisboa, onde estava a ser tratado à covid-19, o líder da máfia calabresa Francesco Pelle perdeu no Tribunal Constitucional a sua última tentativa de evitar a extradição para Itália, onde foi condenado a prisão perpétua.