Todo o cuidado é pouco

Hancock aproveitou o escândalo para fazer um gesto de amor: pôs tudo em pratos (não digo limpos).

O imbróglio amoroso do (agora ex-) ministro britânico da saúde Matt Hancock é digno da pior opera buffa que se possa imaginar.

Sugerir correcção
Ler 8 comentários